Arquivos de Autor: Huaíne Nunes

Boas novas.

Olá queridos amigos fotógrafos.

É com grande prazer que anuncio meu novo projeto. Fui convidada para ser colunista do blog Fotografia DG. Vejam que honra!

Eu já havia enviado alguns artigos meus – daqui do blog mesmo – para a extensão do blog deles, o Foto-Link, que reúne os melhores artigos de fotografia da internet, tudo num só lugar. Aliás, muito prático, fiquei horas ali só vendo os textos dos feras.

O pessoal responsável leu os artigos aqui no blog, gostou do que viu e me convidou para fazer parte da equipe. É claro que aceitei sem pensar duas vezes!

Estou muito empolgada com o novo projeto, mas isso não significa que deixarei de atualizar o nosso blog com dicas de fotografia infantil, na mesma frequência que antes.

O legal de escrever para o Fotografia-DG, é que poderei falar sobre outras áreas da fotografia, não só a parte infantil.

Já enviei meu primeiro artigo, sobre fotografia noturna. Já está no ar e vocês podem conferí-lo aqui:

O segredo das fotografias noturnas, por Huaíne Nunes.

Espero que gostem. Não deixem de ler as outras postagens, dos outros colaboradores. Tem muuuito conteúdo bacana e educativo ali.

Grande abraço a todos.

Edit: Ganhei até um perfil como autora, vejam que chique!!!

Fotografia para todos. Entendendo os conceitos básicos.

Eu sei gente, é clichê. Todo mundo sabe que é, mas todo mundo faz. É por isso que eu resolvi fazer do meu jeito, este guia de conceitos básicos de fotografia.

Sim, tem milhões destes por aí, mas é incrível, mesmo com N fontes de informação as pessoas ainda tem dificuldade.

O guia vai abordar os seguintes conceitos, os mais primários:  abertura, velocidade, ISO, distância focal e profundidade de campo. Depois, se for o caso, a gente faz uma parte II e vai aperfeiçoando, belesma?!

Abertura, velocidade e ISO são as três variáveis para obtenção de luz na fotografia. Essa é a parte importante, ela que vai determinar a correta exposição de uma foto.

Para entender como a luz é obtida, como ela chega no nosso filme ou sensor fotográfico e a imagem é registrada, vamos entender cada conceito individualmente.

ABERTURA:

Existe uma tabelinha, que acho que todo mundo deveria carregar na carteira, que ilustra legal quais aberturas são mais indicadas para cada situação de luz. Dêem uma olhada.

 

VELOCIDADE:

 

ISO:

Agora que você já aprendeu para que serve cada uma das variáveis, vamos entender os outros dois conceitos, igualmente importantes na hora de fazer o clique.  Sao eles:

DISTÂNCIA FOCAL:

 

 

A nossa amiga Luciana Justice fez a lição de casa e tem uns exemplos muito bons para ilustrar a distância focal.

PROFUNDIDADE DE CAMPO:

Ilustrando o que eu disse.

Bom e é isso, pessoal! Espero que tenha sido fácil de entender e vocês tenham gostado de ver.

Os vídeos novamente não ficaram como eu gostaria. Estou com todos eles em alta definição, mas demora taaanto para upar no youtube que acabei desistindo.

Até a próxima aulinha.

Escolhendo seu equipamento fotográfico. Parte II.

Na última postagem, falamos sobre como escolher corpos de câmera de acordo com seus interesses e condições. Nesta segunda parte, falaremos sobre os tipos, marcas e funções das lentes objetivas e como escolhê-las.

Não deixe de ler a parte 1.

Antes de escolher seu set de lentes, tenha em mente o que voce pretende fotografar principalmente. As opções são amplas, mas nada adianta ter um lindo conjunto de lentes se ele não atende às suas necessidades.

Podemos dividir as lentes em basicamente três grandes categorias, as grande-angulares, as normais e as tele-objetivas.

Normais: Essas são as primeiras que temos que entender, por isso comecei pelo meio. A partir daí fica mais fácil entender os outros conceitos.  E bem, a explicação técnica para ela, seria:

“(…) uma objetiva na qual as relações de distância e de perspectiva não se alteram. Ex.: A diagonal do fotograma das câmeras que usam filmes 35mm é de aproximadamente 43mm. Sendo assim, a objetiva normal para esse formato seria uma 43mm, mas a 50mm é tida como normal por uma questão de custo de fabricação e pela facilidade de construção.”?

É, chatinha mesmo essa explicação. Eu tenho a tendência de explicar de uma maneira bem boba, que a distância focal de 50mm é como se fosse a visão dos nossos olhos, por isso de normal.  A perspectiva e a distância do que é visto através da lente é a mesma.

tive que rir dessa foto

Continuar lendo

Escolhendo seu equipamento fotográfico. Parte I.

Olá amigos fotógrafos.

A dica de hoje é uma sugestão da nossa querida leitora Virgínia Nogueira, que me mandou o seguinte e-mail:

“Olá Huaíne,
Tudo bem?
Acompanho vc no Orkut, na comunidade D-60  e agora pelo seu blog.
Muito legal sua iniciativa…admiro seu jeito de escrever, explicar e ajudar.
Gostaria de fazer uma solicitação: Inclua no seu blog um post falando sobre equipamento para quem deseja trabalhar com fotografia. Eu estou iniciando nessa área e como sou novata, ainda fico um pouco confusa na hora de escolher equipamento. Como vc já atua nessa área e domina bem o assunto poderia nos ajudar, dicas de máquina, objetivas…flash…
Acho que é só isso tudo! rs.
Uma ótima tarde pra vc e fica com Deus ,
Nos vemos lá no blog.
Bjs

Virginia

Bom Virgínia, achei essa sua sugestão muito boa, então aí vão algumas das minhas ideias quando o assunto é equipamento fotográfico.

Continuar lendo